A importância da contabilidade na gestão financeira da sua empresa

No Brasil, em pleno Século XXI, poucas pessoas sabem o verdadeiro papel do contador nas organizações. Vai muito além de calcular impostos e cumprir obrigações fiscais, esse profissional é o responsável por ajudar a administração da empresa na gestão da entidade, para que esta apresente mais lucro e consequentemente menos custos, é aí, que entra a gestão financeira de uma empresa, onde através de relatórios o contador deverá fazer análise da movimentação financeira junto com o setor financeiro para que o empresário possa tomar decisões.

Segundo o IBGE, a cada dez empresas, seis fecham antes de completar 5 anos, esse número é assustador tendo em vista que, fecham mais empresas do que permanecem. Ainda, o SEBRAE lista os principais motivos de falência das empresas onde: 7% fecham por falta de lucro, 20% encerram o negócio por falta de capital e quase 50% dos pequenos empresários do Brasil não sabem identificar se têm lucro ou prejuízo. Esses dados nos fazem crer que as empresas fecham por falta de uma gestão adequada das suas entradas e saídas. Em todas as situações relatadas pelo SEBRAE a falta de uma boa contabilidade está atrelada, pois, de nada adianta ter um contador que não auxilie o empresário a tomar decisão, a melhorar a gestão financeira da empresa e a mostrar ao gestor qual seu lucro e prejuízo apresentando sugestões para reversão do quadro. O contador, juntamente com o gestor financeiro tem que ser um parceiro do sócio da empresa.

Podemos identificar vários aspectos relevantes da presença do contador na gestão financeira da entidade, conforme demonstrados a seguir:

  • Identificar possíveis falhas do setor financeiro através de conciliações;
  • Orientar e sugerir métodos para aumentar o lucro e reduzir os custos;
  • Elaborar reuniões mensais para apresentação de resultados;
  • Apurar o custo do produto ou serviço para cálculo do preço de venda correto;
  • Elaborar os demonstrativos para auxiliar o gestor na tomada de decisão;
  • Orientar o setor de compras da empresa, onde poderá diminuir impostos dependendo do local onde será adquirida a mercadoria;
  • Auxiliar na elaboração e execução do fluxo de caixa da empresa;

Com todas essas ferramentas em mãos, o sócio da empresa poderá tomar decisões mais assertivas e consequentemente fazer a empresa crescer e se desenvolver sem grandes surpresas. Importante alertar a importância de contratar um bom profissional da área contábil, interessante analisar o perfil do contador de sua empresa além de buscar referências e indicações de bons profissionais.